storytelling-eficaz
Storytelling: o poder da empatia

É quase certo que você já tenha visto uma propaganda que usou o recurso de storytelling, e, além de ver, é provável que não o tenha esquecido. Afinal, o que faz a mensagem do storytelling ser tão fixadora?

Storytelling é um termo em inglês, que tem relação com a capacidade de contar histórias relevantes; ou seja, compartilhar uma narrativa que possa mudar a visão de um espectador/leitor.  Este recurso vale-se de proporcionar uma vivência, despertando sensações ocasionadas pela empatia que criamos com os envolvidos no enredo. Quando analisamos isto, fica fácil compreender o porquê de tanta repercussão.

Na realidade, nós estamos cansados de sermos bombardeadas diariamente com centenas de propagandas; queremos ler/ouvir/ver conteúdos que não possuam como principal função a venda de um produto e/ou serviço; queremos relevância. Quando notamos que o outro está tentando nos persuadir a adquirir algo, logo nos esquivamos da ação; é por isso que pulamos os comerciais do Youtube.

Quando utilizamos este recurso, abrimos uma oportunidade de reflexão, resultando em um impacto positivo no ambiente ao nosso redor. Para vermos na pratica como isto ocorre, separei 3 exemplos de Storytelling para que você termine de ler este artigo com a plena certeza de que este tipo de produção é capaz de impactar uma empresa mais do que comercialmente, como também a sua imagem:

Não há como assistir a um destas propagandas e campanhas sem criar empatia. E, é justamente esta empatia que a torna inesquecível; é a capacidade de sentir o que o ‘personagem’ sentiu, é conseguir se colocar no lugar dele.

Mas, não devemos achar que o storytelling trata-se apenas de comercias tais como estes, que possuem uma grande produção envolvida. Saiba adaptar esta modalidade para a sua realidade. Se sua empresa possui uma história envolvente de surgimento, faça um vídeo relatando-a; e, caso não possa fazê-lo, porque não escrever? Crie alternativas; só não deixe a história esfriar e a vontade perder força.

Por outro lado, este recurso também poderá ser usado durante suas apresentações em público. Como? Quando for apresentar sua empresa ou ideia, relate o histórico ou, até mesmo, desenvolva uma narrativa que inclua os ouvintes à sua causa. Mas é óbvio: não vá carregar a quem lhe escuta com dados desinteressantes e de forma desmotivadora. O melhor a fazer é raciocinar se gostaria de ouvir o que esta contado.

Lembremos também que temos de aprender a impactar positivamente o ambiente ao nosso redor, não somente por mero recurso de divulgação, e sim, pelos resultados sociais que isso pode proporcionar.

Que este recurso nos permita criar, mais do que histórias impactantes; que nos permita desenvolver pensamentos evolutivos!

Comente

comments